segunda-feira, 31 de março de 2014

Obrigado Forças Armadas!

Hoje comemora-se 50 anos da intervenção militar que alguns idiotas ainda chamam de "golpe". Não houve golpe e sim um contragolpe, uma intervenção necessária conclamada em uníssono pelo povo brasileiro . Caso os militares não agissem, estaríamos entregues aos comunistas e hoje estaríamos na mesma condição de Cuba, Coréia do Norte ou mesmo Venezuela aonde falta até papel higiênico.

Claro, alguns militares cometeram execesso à revelia de seus superiores, afinal nem tudo é possível de  se controlar. Falhou as forças armadas quando nos prometeu eleições civis e no entanto ficaram 20 anos no poder. Falhou o exército ao lutar apenas em campo contra os guerrilheiros assassinos e permitir a penetração de comunistas  em todos os setores da sociedade, tais como, na mídia geral, no ensino, no clero, nos conselhos de classes profissionais. Hoje o Brasil todo está aparelhado por comunalhas e esquerdopatas.

Cumpriram com brilhantismo o pilar básico das obrigações do Estado: Defesa da Pátria, A segurança de seu povo e da propriedade privada e criando os mecanismos jurídicos para dirimir as diferanças entre as pessoas. Fizeram bonito em adotar uma economia liberal (com exceção de Ernesto Geisel) sob a batuta de um dos mais importantes ícones da economia brasileira, Roberto Campos sobretudo na gestão de Emílio Garrastazu Médici, sem dúvida alguma o melhor presidente da república que o Brasil já teve.

Agradeço então às Forças Armadas, por hoje estar aqui usando meu computador e podendo navegar livremente (pelo menos por enquanto, pois o Marco Civil vem aí!) pela Net e pelo privilégio de ter vivido minha juventude num país livre, limpo, belo, rico, seguro (bandido naquela época era bandido e tinha o que merecia), sem badernas, sem black blocks, sem invasão à sua privacidade. Presto aqui sinceramente a minha homenagem:

Obrigado Forças Armadas!

Nenhum comentário: